Série busca garota para ser a mais jovem a viajar o mundo inteiro

globaldegree-alexmichael

Dois canadenses que estão dando dando a volta ao mundo criaram uma campanha na internet para selecionar uma garota para se unir a eles, com passagens aéreas e acomodação pagas.
Michael Graziano, de 25 anos, e Alex Hennessy, de 33, estão no meio de uma jornada para conhecer todos os países do mundo em 60 meses (5 anos).
Eles criaram o projeto “Global Degree”, no qual pretendem conquistar um “diploma global” após terem visitado 195 países. O objetivo é completar a lista de nações reconhecidas pela ONU, que atualmente está em 193, mas pode variar no futuro.
O nome do projeto é uma brincadeira com os cursos universitários tradicionais. “Como um diploma universitário, a pessoa deve completar cada disciplina [país]. O conceito é que viajar vai proporcionar conhecimento sobre você e sobre o mundo à sua volta”, explicam em seu site.

A dupla tem um canal no Youtube onde posta vídeos da viagem. Na primeira temporada da série, eles conheceram toda a América do Sul e Central. Agora, buscam uma garota que queira se unir a eles para a segunda parte da viagem, que percorrerá a Ásia, a Austrália e as ilhas do Pacífico.
Viajamos de 6 a 8 meses por ano e depois voltamos para trabalhar. A gente tem empregos normais, mas faz sacrifícios e economiza cada dólar para ter esse estilo de vida”

Não foi estabelecido um limite mínimo ou máximo de idade para participar. “Mas acredito que o concurso vá ter mais apelo para pessoas mais jovens, que têm menos compromissos financeiros e familiares”, disse Michael ao G1.
Ele afirma que por enquanto a dupla não pode prometer que vai pagar para a garota visitar todos os países do planeta, pois ainda precisa conseguir mais recursos com os patrocinados. “Mas tomara que tudo corra bem e a gente continue junto pelo restante da viagem”, afirmou.
As candidatas têm que enviar um vídeo contando por que querem se unir a eles. Quem vencer vai ganhar todas as passagens aéreas, acomodação em hostels e descontos em programas turísticos. Essa parte da viagem passará por 35 países em sete meses.

Alex fez curso de cinema e é bartender. Michael estudou administração, mas largou a universidade para montar seu próprio negócio e viajar. Eles viajam o mundo por 6 a 8 meses do ano e o restante do tempo voltam para o Canadá para trabalhar.
“Temos empregos normais. A gente faz sacrifícios e economiza cada dólar para poder ter esse estilo de vida”, diz Michael. Ele quer bater um recorde e se tornar o mais jovem norte-americano a visitar todos os países do mundo.
Um dia quero oferecer aos jovens a opção de cursar a universidade ou, pelo mesmo preço e no mesmo período de tempo, viajar o mundo inteiro.

O canadense conta que adorou o Brasil. “Visitamos as Cataratas do Iguaçu, Florianópolis e o Rio de Janeiro. Fizemos muitas coisas interessantes”, diz.
Michael diz que a ideia do “diploma global” é inspirar outros jovens a fazer o mesmo. “Eu sonho com uma geração de estudantes que já visitaram todas as nações do mundo, conseguem falar as palavras básicas em 47 idiomas e têm consciência das crenças e culturas do mundo à sua volta”, afirma.
A ideia do canadense é oferecer aos estudantes a opção de cursar a universidade ou, pelo mesmo preço e no mesmo período de tempo, viajar todos os países do planeta. “Pretendo dedicar a vida a isso”, diz.

Fonte: http://g1.globo.com/turismo-e-viagem/noticia/2015/02/serie-busca-garota-para-ser-mais-jovem-viajar-o-mundo-inteiro.html


«

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *